Sensibilidades Antropológicas

O Sensibilidades Antropológicas é um podcast. Uma espécie de suspiro ou respiração sonora permeado por aprendizados e relatos inspirados em relações com pessoas, coletivos e mundos diversos a partir da experiência de fazer antropologia.

Criei o podcast, a princípio, para me despedir do meu campo etnográfico no Médio Jequitinhonha, lidando com essa despedida e com tudo o que envolve um trabalho de campo de forma sensível, e em seus vários modos de sensibilidade – considerando os sons, silêncios, gestos, olhares, a carícia da terra nas mãos, o cheiro do biscoito saindo do forno de barro.

Os episódios têm curta duração e podem ser ouvidos aqui ou em agregadores de podcasts. A partir de outubro de 2021, não temos data fixa de publicação, de todo modo a periodicidade é comumente mensal.

O Sensibilidades Antropológicas integra a Rede Kere-Kere de podcasts em antropologia, que reúne pesquisadoras e pesquisadores da área e pode ser acessada aqui: Kere-Kere: viver antropologia e fazer podcast em rede

Apresentação, edição, arte, fotografias: Valéria de Paula Martins

Masterização: Leobaldo Prado

Arquivos em pdf: Marcela de Lima Pereira

Canção da vinheta: Time Bells, de Michele Nobler